Peixe & vinho no Kan: melhor combinação

IMG_20140818_214829764

Há tempos eu queria conhecer e provar os pratos do restaurante japonês Kan. Além de ser um dos mais antigos da cidade, tem um dos melhores chefs orientais em Curitiba, Luciano Mitiharu Kawano. E realmente, era tudo aquilo que eu imaginava, até mais. Claro que as circunstâncias da minha ida ao local foram diferenciadas. Foi o nosso jantar de formatura do curso de Sommelier, com um menu especial, harmonizado pelo sommelier de lá, e meu amigo, que se formou agora também, Wagner Machado. Do início ao fim, tudo foi perfeito, uma combinação dos deuses entre peixe e vinho.

IMG_20140818_201004613

A gente (só) começou com carpaccio de salmão do alasca com ovas de caranguejo (massago black), harmonizado com Möet Chandon Brut e Taittinger Brut Reserve. Tipo, como descrever isso? Feche os olhos e pense em um por do sol em uma praia paradisíaca, uma brisa suave, uma música agradável, aquela sensação de ‘o mundo pode acabar nesse instante’. E isso foi só o começo.

IMG_20140818_202122338

IMG_20140818_202030415

 

Depois veio o cevice mais delicioso que já provei, acompanhado de um atum selado com gergelim e molho rosenberg e salmão selado com molho de maracujá dos deuses. Aqui nosso sommelier surpreendeu e harmonizou com uma cerveja Brooklyn Sorachi Ace, de Nova York. Quem imaginaria harmonizar um cevice com cerveja? Minha dica é: provem em casa e vejam que maravilha que fica. Mas tem que ser uma cerveja bacana, encorpada. Essa aqui é refermentada na garrafa com levedo de Champagne. Apenas.

IMG_20140818_204650845

Aí, quando já estávamos nas nuvens, o chef manda um combinado especial com sushis e sashimis variados, tudo feito com muito amor e carinho. A harmonização foi com um aromático e refrescante Sauvignon Blanc Casas Del Bosque Pequenas Produções, 2009, do Chile. Quem não conhece, recomendo e assino embaixo. Casou muito bem com o peixe cru.

IMG_20140818_211544483

Mas calma que ainda tem mais. Não sei como, mas ainda degustamos um Teppan Yaki de salmão com legumes, yakimeshi de frango e camarão. Obviamente eu não consegui comer tudo, porque era comida demais, mas estava delicioso. O salmão, numa textura perfeita. E aqui entra o melhor vinho da vida dos últimos tempos, o Glen Carlou Quartz Stone Chardonnay, 2011, da África do Sul.

IMG_20140818_215857530

Pera. Que ainda tem a sobremesa. Um brownie de chocolate com nozes e sorvete de creme. Fechando com chave de ouro com um Justino’s Madeira colheita 1997. O que falar depois de tudo isso? O que eu já disse em um post anterior, um jantar deixa de ser apenas um jantar quando é harmonizado cuidadosamente com os vinhos certos. Tudo melhora. O sabor da comida melhora. Os vinhos (e a cerveja) melhoram. A vida melhora. O humor melhora. A pele melhora. E por aí vai. O Kan, claro, não tem esse menu, mas todos os pratos estão no cardápio e podem ser pedidos no à la carte. Eles também oferecem sistema de rodízio e a divertida esteirinha, chamada de Kaiten. Vão lá! Além de lindo, a comida é impecável e o sommelier é nota 10!

IMG_20140818_223130482

Restaurante Kan – Avenida Getúlio Vargas, 3121, Água Verde, 30788000.
Anúncios

Coma peixe, viva mais

Olá queridos blogueiros. Há alguém por aqui? Faz tempo que não apareço né? Mas eu voltei. Para alegria (ou não) de todos. E vamos já direto a um dos meus assuntos favoritos que é comida japonesa. Ai o que seria da minha vida sem esses orientais. E só de pensar que quando eu era pequena, eu dizia: ‘mãe, não gosto de comida japoneso’. Uma graça, de cabelo chanel, franja e óculos fundo de garrafa. Ai ai. Então né, como eu ia dizendo. Esses dias aí, comprei mais um desses super descontos imperdíveis desses sites viciantes de desconto coletivo. Não consigo resistir quando leio as palavras desconto e combinado juntas, na mesma frase. Não consigo. Comprei! Uh, que alívio.

O local da vez era o Soto Asian Cuisine, super in, super chique, localizado dentro do novo espaço gourmet do Park Shopping Barigui, aqui em Curitiba. Um lusho. Não posso negar que a decoração realmente impressiona e faz a diferença. O garçom não demonstrou nenhum tipo de preconceito quando chegamos e falamos que era a ‘reserva do desconto’. Colocou a gente numa mesa bem no meio do restaurante, que tem uma bonita vista para algum lugar verde. Nas mesas ao lados, famílias e casais de mulher e homens visivelmente bem sucedidos e de alto poder aquisitivo.

Pedimos o nosso combinado simples que oferecia, por metade do preço, 22 peças: 5 sashimis de salmão, 5 sashimis de atum, 2 niguiris de salmão, 2 niguiris de atum, 4 unidades de tekamaki, 4 unidades de shakemaki + 1 porção de hot filadélfia com 8 unidades. Óbvio que esses peixinhos não foram suficientes para saciar o meu desejo e do meu namorado de japanese food. Demos uma breve olhada no cardápio, mas assim, bem breve, para não ficar com tanta vontade de todo o resto e pedimos mais um combinado simples, mais simples do que o da promoção.

Indescritível o sabor do sashimi de salmão. Eu preciso confessar que antes de ir ao Soto, meu sashimi de salmão favorito, tipo, o top dos tops, era so Sushiaki. Ele é muito suculento e eu super recomendo. Mas esse do Soto é brincadeira. Tenho certeza que eles fazem algum tipo de mágica pro salmão ficar daquele jeito. Pensei em todas as formas de descrever a sensação ao colocá-lo na boca, mas não encontrei as palavras. É simplesmente imperdível, você tem que ir lá comer. Por favor. Vá! Tudo vale a pena, todos os pratos estavam excelentes, atendimento de primeira e ambiente muito agradável. O preço é salgado, mas quem gosta de comer bem, não se importa de fazer esse investimento. Afinal, peixe é vida!

Soto Asian Cusine

Park Shopping Barigui – Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza 600

sotoasian.com.br

Rodízio da Alegria

Esses dias fiz mais uma compra feliz desses sites de desconto. (Sim, ainda estou devendo o post especial sobre essa novidade que está mexendo com a cabeça dos consumidores mais ávidos). O desconto da vez era para um rodízio de sushis, sashimis e outras iguarias do restaurante Sansai, novo (pelo menos para mim) aqui na cidade. Como todos já sabem, sou louca pela culinária japonesa e essa promoção não passaria batida por mim.

Sansai

Fiz a reserva com uma certa antecedência, visto que Curitiba inteira deve ter comprado esse cupom. O restaurante estava cheio no dia e tenho certeza que a grande maioria ali estava por conta do desconto. O atendimento foi bem eficaz, todos muito atenciosos. Tem também valet, e de grátis! A decoração é moderna; tem até uma cortina d’água e dois tatames para até oito pessoas. O buffet, sem dúvida a melhor parte da casa, oferece mais de 60 itens quentes e frios. Os sashimis você pede e o garçom traz, a la vontè. No cardápio dá para se divertir com as porções como o Hot Philadélfia, Camarão e Lula à Milanesa. Tudo incluso no rodízio.

SansaiSansai

Engana-se quem alguma vez ousou dizer que ‘sushi e sashimi’ não pesa, não dá a sensação de ‘estufado’. Come uma tonelada de sashimi de salmão para você ver! Mas vale a pena cada pedaço, cada item. Tudo muito saboroso, muito bem feito. Sem contar os ‘agrados’: logo na entrada eles servem Gucans Flambados (salmão, cream cheese e tomate seco flambado no licor de curaçao). O garçom ‘acendeu’ o peixinho na nossa frente. E na sobremesa também, um salmão com morango recheado com chocolate nutella, flambado com licor de cassis! Caliente, alcoólico e uma delícia. E falando em alcoólico, para beber há uma extensa carta de vinhos, com boas opções para todos os bolsos. Eu me joguei em uma caipisaquê de morango. Divina. Palmas para o chef do sushi bar, Jober, e o chef de cozinha, Miguel!

SansaiSansai

O desconto infelizmente já não está mais a venda. Mas o rodízio está lá, esperando pela sua fome. Vá: Sansai Sushi Bar. Rua Gonçalves Dias, 655 – Batel. sansaicuritiba.com.br