Coma peixe, viva mais

Vou dar uma pausa na análise dos cardápios do Restaurant Week para passar uma receita deliciosa, prática e super saudável. Pode ser feita no almoço de domingo ou no jantar de quarta à noite com as amigas (que foi o caso!). A receita é do meu querido amigo e chef Christian Bojarski e não tomará mais que 30 minutos para ficar pronta.

peixe

O prato é simples: peixe assado com legumes embrulhado em uma trouxinha da papel manteiga. O peixe pode ser linguado, que não solta tanta água, ou posta de namorado. Faça um filé por pessoa e tempere apenas com sal, pimenta branca e azeite. Coloque ele em cima de um pedaço do papel manteiga e vá colocando os legumes. Eu escolhi tomates cortado em cubinhos, cenoura e brócolis. Como sou gordinha pré-cozinhei batatas rostie e cortei-as ao meio, acrescentando à trouxinha do peixe. O grand finale, e o responsável por todo o sabor, são os ramos de alecrim colocados inteiros por último. Ele vai aromatizar o prato e você deve tirar na hora de servir.

Leve ao forno pré-aquecido e deixe assar por cerca de 20 minutos, depende da potência de cada forno. No meu caso ele ficou bom depois de uns 30 minutos no forno. E por último, para finalizar com toque de gorda, eu coloquei uma colher de requeijão cremoso na hora de levar o prato à mesa. A opção saudável pode ser com queijo cottage, que fica bom também. O peixe pode ser harmonizado com um vinho branco, como um chardonnay.

banofi

Mas o jantar não acabou por aí. De sobremesa, tivemos uma torta preparada pela querida Tamy, que nos fez feliz com uma deliciosa Bannoffi. A torta não tem muito segredo, mas precisa de ingredientes de qualidade para ficar perfeita. A massa foi feita da tradicional forma com bolacha maizena com manteiga. Pré-cozinhe a massa e depois coloque as bananas maduras cortadas em rodelas. O doce de leite fica a seu critério, pode ser a marca de sua preferência ou pode ser uma lata de leite condensado cozido, que fica divino! O creme final é nata batida com açúcar. E para dar aquele toque final, jogue por cima lascas de chocolate meio amargo. Um jantar delicioso e super fácil de fazer!

banofi2

Carne de Panela da Meme

Minha amiga Hemely adora cozinhar. Juntas, já fizemos de massas a peixes. Tudo fica uma delícia. Lembra da polenta fracassada? Tá bom, não foi um fracasso total porque ela ficou nhami nhami. Uma dili. Mas não ficou mole, toda mole, como de fato esperávamos. Agora tenho que pedir desculpas, cara polenta, mas o brilho da noite foi a Carne de Panela, receita concedida pela minha amiga Hemely. Meme, para os íntimos.

A receita é fácil de fazer. Os ingredientes perfeitos, combinados e cozidos, não tem como dar errado. Anotem aí: uma carne de sua preferência. Eu usei coxão mole. Não tem problema ser uma carne mais dura pois ela ficará algum tempo na panela de pressão e ficará beeeeem macia. Acrescentem na lista berinjela, azeitona roxa, tomate, cebola, alho e sal a gosto. O toque é a folha de louro. Não esqueça da folha de louro por nada nessa vida. NADA!

Fora da panela

O passo a passo é simples. Primeiro coloque a carne na panela junto com o alho e as folhas de louro e deixe fritando. Não mexa. Ela vai grudar e levantar aquele cheirinho leve de queimado. Deixe até que ela fique com uma cor vistosa e suculenta. Depois acrescente os outros ingredientes picados e um copo de água. Feche e espere a mágica acontecer. (Enquanto você espera a mágica acontecer, não esqueça de mexer incessantemente a polenta, se esse for o seu acompanhamento. Não entendeu? Leia o post abaixo). Ah: o cheirinho que vai sair da panela pode causar suicídios no seu prédio; avise os vizinhos.

Polenta com carne de panela

Quando ficar pronta, abra a panela de pressão, com todos os cuidados necessários para tal, e voilá. É só servir como desejar. Pode ser a polenta, pode ser uma bela massa. Pode até ser um leve arroz. A carne é maravilhosa, fácil e foi para o meu top ten de receitas. Valeu Meme!