Sweet winter!

As temperaturas baixaram no Brasil inteiro. Principalmente no sul. O inverno começou oficialmente. Se você é que nem eu, que realmente ama o verão e não entende quem gosta de frio, vou dar dicas de como aproveitar essa estação também. Além de bancar a phyna e elegante, o melhor é comer e tomar muito vinho! Mas acho que isso não é novidade para ninguém, vocês são todos inteligentes e sagazes!

Eis que eu, momento nostalgia, relendo emails antigos, achei uma sugestão imperdível. O momento é de merchan puro, e eu não ganhei nada para fazer isso. Sou honesta e coloco aqui tudo que eu gosto. Mas se eles quiserem me mandar caixas de chocolate, eu não vou ficar ofendida!!

A Kopenhagen é conhecida por todos pela excelência dos seus chocolates. Nhá Benta, Língua de Gato e Mini Chumbinho. Clássicos da nossa (minha) infância. Entrar numa loja deles, para mim, é realmente um martírio, aquele cheiro de cacau no ar, aquelas embalagens lindas… Dá vontade de comprar tudo.

Mas na próxima vez que você entrar, peça o café ou o capuccino, feito de chocolate de verdade, espuma de leite tirada da máquina de expresso e canela em pó. Acompanha pequenos tabletes de chocolate ou aquele canudinho de chocolate. É realmente muito gostoso, fresquinho, com um creme delicioso e um sabor inigualável.

Tem também o Chocolate Quente Nhá Benta. E não é só o nome, vem realmente com um bombom Nhá Benta mergulhado no leite quente com cacau em pó. E, para completar a delícia, acompanha o bombom de Nhá Benta. Não da para resistir, dá? É só achar a loja mais próxima de você e correr para essa orgia de chocolate!

kopenhagen.com.br

 

Anúncios

Para esquentar!

Com esse frio do cão que tem feito nessa cidade, nada melhor do que esquentar o corpinho no fogão. Sim, eu gosto de cozinhar e gostaria que aquelas mulheres não tivessem queimando (tanto) sutiã. A vida ia ser bem mais fácil para nós, mujeres! Mas esse não é o tema do post de hoje. Quero dizer que vale a pena ir para a cozinha, brincar de chef e preparar receitas que aqueçam a alma!

Eu fui semana passada e inventei (pelo menos eu achei que tinha inventado) uma obra prima. Sopa é a receita ideal no inverno. Não sei para vocês, mas para mim é! Uma bela duma sopa, uma canja, um caldinho… esquenta até defunto. E eu pensei, porque não juntar dois ingredientes deliciosos e ver que mistura dá?

Batata e alho poró. Na verdade não sei como demorei tanto tempo para fazer essa sopa. Digitei no nosso amigo Google e apareceram tipo umas 964 receitas! Mas eu sou rebelde e não sigo nenhuma. Fiz a minha! A coisa é bem simples, se incrementar demais, estraga. A base é sempre a mesma, cebola, alho e sal. Junto você frita o alho poró, cortado em rodelas. Fiz um purê de batata e joguei na panela. Para ficar mais líquida e cremosa, vá acrescentando leite. Eu tive um plus, porque já havia molho branco pronto na geladeira. As vantagens de morar com vó. Mas ele pode ser substituído por uma caixinha de creme de leite. Não, não é uma receita light, nem politicamente correta. Eu gosto de sustância.

Façam em casa, é rápido, fácil e fica muito bom, mesmo! Não é só porque fui eu que fiz, mas fica demais. Espante o frio, levanta da cama, vai para a cozinha e impressione a família. A foto acima, infelizmente, é meramente ilustrativa.

X-pastel

Hoje posso dizer que provei um dos sanduíches mais tradicionais da cidade de Curitiba. Tenho quase certeza que 90% de vocês conhecem o lugar, já passaram na frente, quiçá entraram e pediram uma laranjinha de garrafa. E sem sombra de dúvidas, 100% dos alunos de Opet e UTFPR já provaram o famoso X-montanha.

Ali, na esquina da Silva Jardim com Desembargador Westphalen, está uma portinha, um balcão e uma mesa. A Lanchonete Montesquieu, tem nome francês, dono japonês e sanduíche bem brasileiro. O conhecido x-salada ganhou uma versão mais, mais, mais…. MAIS! Quem diria que sanduíche casaria com pastel? Pois casa! Seu Álvaro desembarcou em terras tupiniquins em 1975 e com ele veio uma receita secreta guardada por muitas gerações na sua família. O X-montanha logo ganhou o paladar dos jovens que estudavam nas redondezas. O bom, bonito e barato.

Não entendeu ainda? É isso mesmo que você está pensando, sanduíche, com pão, hambúrguer, alface, maionese, presunto e queijo. O plus é o pastel, que na verdade é um risóles, de carne, queijo ou palmito. Eu pedi um desse, e com ovo. Essa versão não está no cardápio, mas os mais habitués sempre pedem. Dá para provar também só o pastel, que realmente é uma delícia. Mas o sanduíche, deveria ser lei. “Todo brasileiro que se preze e preze a boa gastronomia de boteco deve provar o X-montanha”. Anotou? E para acompanhar ainda dá para pedir uma laranjinha de garrafa. É sensacional.

Corre lá e prova.

Mandioca neles!

Oi Gente! Quanto tempo, né?! Mas eu voltei e prometo contar tudo que aconteceu nesse meio tempo, todos os lugares que eu fui, conheci, provei e aprovei. Tem coisa boa por aí. E com esse friozinho, não há nada melhor do que comer e beber bem!

Estive há algum tempo passeando pelos lados da Rua Itupava, reduto de gastronomia e agito. Só coisa boa. Já declarei uma vez meu amor pela trilogia do Délio Canabrava, Cantina do Délio, Banoffi e CanaBenta. Vamos falar desse último que, na minha opinião, é um dos melhores bares de curitiba. Oferece um ambiente descontraído, bom atendimento, cardápio delicioso e preço do jeito que o consumidor gosta.

Nesse mês o bar está em festa, comemorando seu terceiro aniversário. Portanto, dos dias 27 de junho a 2 de julho, é uma boa época para visitar o bar e aproveitar tudo que ele oferece. O destaque do cardápio fica por conta da mandioca gratinada. Gente, o que que é isso Bial? São seis novas versões: Carne seca (R$ 14), bacalhau (R$ 29), calabresa acebolada (R$ 12,50), costela (R$ 13,50), marguerita (R$ 12,90) e três queijos (R$ 12,00). É muito saborosa, suculenta, de dar água na boca. Quando está chegando a mesa, o cheirinho quase mata, forma aquela água na boca. Delícia. Provem, eu recomendo. A minha outra dica de lá é a carne de onça com linguiça blumenau, e os sanduíches também são sempre uma boa pedida.

Nesse frio, corre lá pro CanaBenta, comer mandioca e tomar cachaça. Já espanta o frio.

Rua Itupava, 1431 – Alto da Rua XV

canabenta.com.br